Ser espaço*

Esse ano estive pensando e vivenciando um tipo de situação que é desafiadora para mim: escutar. Geminianos não costumam nascer com essa habilidade aflorada (risos). Como taróloga devo ter essa habilidade em destaque, pois além de traduzir a mensagem que os arcanos estão dizendo (e para isto o silêncio interno diante deles é postura sine qua non), devo estar atenta e receptiva ao outro, à fala do … Continuar lendo Ser espaço*

Um sono tranquilo.

Essa semana aconteceu algo que, em algum lugar dentro de mim, eu já sabia que aconteceria cedo ou tarde. E fico feliz que tenha sido cedo, pois é aqui e agora que percebo com mais clareza, em qual direção estou indo através da minha conduta, sedimentando e construindo meu caráter como profissional, e também pessoal, pois caráter é trabalho para uma vida inteira e este não se … Continuar lendo Um sono tranquilo.

Saber ou não saber, eis a questão.

Quando uma pessoa vem até mim pela primeira vez em busca da ajuda do Tarot, costumo esclarecer alguns pontos que acho pertinentes sobre como esse oráculo atua e qual é o tom do atendimento. O que posso observar dentro do consultório é que as pessoas vêm com tamanha sede de verdades prontas, fixas, que muitos esquecem que a verdade está dentro de si e esperam … Continuar lendo Saber ou não saber, eis a questão.

Nem santa, nem iluminada. Humana.

No início do meu desenvolvimento como terapeuta, pintei na minha mente um ideal de como deveria ser um terapeuta. Sua personalidade, sua conduta, sua forma de interagir, de se relacionar, de estar em sociedade e por aí vai. Uma pessoa com Sol em Gêmeos tem muita criatividade para idealizações. Ao começar a expandir minha network terapêutica, comecei então a conviver com terapeutas, tanto em relações … Continuar lendo Nem santa, nem iluminada. Humana.

Outubro Rosa

Outubro Rosa é uma campanha que, em mim, vai além do alerta sobre o câncer de mama e se transforma no mês em que flama no peito a importância de cuidarmos de nós mesmas em todos os outros sentidos além da saúde física. Cuidarmos de nós mesmas fazendo aquilo que amamos, que nos nutre, resgatando partes de nós que estavam no porão empoeirado da repressão … Continuar lendo Outubro Rosa

E como foi?

Tem acontecido de em consultas com o Tarot me perguntarem como ou quando comecei a viver com o Tarot – acredito que quem faz essas perguntas se sentiu irremediavelmente tocada pela veracidade e profundidade deste oráculo tão especial. E vou respondendo como tudo começou… mas sempre faço questão de deixar claro como eu mudei depois que resolvi estudar esta arte do direcionamento da alma. Pois … Continuar lendo E como foi?

Cruz Celta Terapêutica

Um padrão que pude perceber nos atendimentos de leitura de Tarot – ao perguntar em que as cartas poderiam ajudar- é o de que poucas foram as pessoas que conseguiram explicar o motivo real que as fizeram sentar na mesa frente ao oráculo. Falaram, falaram, falaram e não conseguiram racionalizar a necessidade que enfrentam no momento atual da vida ou não conseguiram dizer o que … Continuar lendo Cruz Celta Terapêutica

O Tarot se revela como um espelho de nós mesmos, do nosso eu mais íntimo, trazendo-nos o autoconhecimento, mantendo-nos conscientes e direcionados nos nossos ciclos e escolhas. A leitura de cartas, plenas de significados fluidos e originais, se transforma numa exposição da alma do próprio consulente, tornando inteligível uma comunicação com sua própria profundeza e revelando, sem inclinações tendenciosas, aspectos desconhecidos de sua sombra&luz que estão … Continuar lendo